Filme | Eu não sou um homem fácil



Alguns dias atrás comecei a perceber que vários criadores de conteúdo que eu sigo começaram a indicar o filme "Eu não sou um homem fácil". E como, a maioria das pessoas que eu sigo, são pessoas que gostam do mesmo estilo de conteúdo que eu, decidi tirar um tempinho para assistir. 
Eu não sou um homem fácil

Sinopse: Um machista inveterado prova de seu próprio veneno ao acordar em um mundo dominado por mulheres, onde entra em conflito com uma poderosa escritora.

Essa sinopse realmente é um belo resumo do filme. O filme tem como protagonista um machista - daqueles bem chatos mesmo - que depois de dar com a cabeça em um poste, acordar em uma realidade paralela onde prevalece o femismo (sim, porque o contrário de machismo NÃO É feminismo). 
E, é assim que começa uma história em que se o telespectador foi homem vai ter muita coisa para pensar. E, por mais incrível que pareça, se você for mulher, também vai refletir muito.

No filme, fica para o homem o papel de "criatura desprotegida, ingênua e vulnerável". São eles que cuidam da casa e dos filhos, enquanto as mulheres têm nas mãos o poder.

É um filme que faz tanto homens quanto mulheres refletirem. 
Se você for homem, vai refletir sobre atitudes que toma - ainda que de forma inconsciente - e que são bastante machistas e perceber que pequenas mudanças podem ser transformadoras.
Se você for mulher, vai perceber como somos repreendidas em situações que sequer percebemos de tão "acostumadas" que somos em sermos tratadas assim.

É um filme que aborda de forma leve um assunto importante, que cada dia mais vem sendo discutido (principalmente nas redes sociais). Ele dá a possibilidade de pessoas que apoiam a causa feminista falarem ainda mais sobre o assunto e atinge pessoas que não entendem muito bem a importância desse assunto ser discutido.

Vale a pena assistir (nextlix). 

Até breve,
Fran Scandolara

Clicando aqui você lê outras resenhas.

Queridinhas dos Seguidores

Série | 13 reasons why - 2ª temporada

Exposição | Castelo Rá Tim Bum

Inventário 2018 | O que tenho de maquiagem depois de quatro meses