Viagem | Sobre passar o Réveillon no Rio de Janeiro ♥

Oi, gente!

Quem me acompanha nas redes sociais deve ter visto que meu réveillon foi um pouco diferente... Eu, meu namorado e mais três amigos fomos passar o réveillon no Rio de Janeiro na casa do namorado de um dos meus amigos. 
A cidade maravilhosa é realmente um escândalo de cultura, diversidade e animação. 
Como nossa intenção era curtir o final de ano, não visitamos nenhum ponto turístico clichê da cidade, pois a tendência era estar superlotado, como quase tudo na cidade, rs.
Sei que ainda está longo, mas quero aproveitar que ainda está tudo bem fresquinho na minha mente e compartilhar algumas dicas para você que está pensando em passar a virada de ano por lá.

 Como ir? 
 Como nós somos do interior de São Paulo, acabamos optando por ir de carro, já que só tivemos certeza de que a viagem aconteceria faltando três dias. Se você também optar por essa situação, lembre-se de pensar bem se todos vão ficar confortáveis. É uma viagem longa e se for em cinco pessoas no carro pode causar um pouco de dor nas costas kkk. Caso você já tenha se planejado, procure acumular pontos no seu cartão. Em novembro, lembro de ter checado quanto ficaria uma ida e volta  e  os trechos Campinas / Rio + Rio / Campinas estava saindo por 14.000 pontos. Muito bom, ainda mais se tratando de réveillon.
Onde ficar?
No nosso caso temos um amigo que mora na Lapa e ficamos no apê dele. Mas, se esse não é o seu caso, deixe essa bobeira de ficar próximo da praia pra lá. O metrô é só R$ 3,80 e vai te levar na praia que quiser, rs. Sem contar que os bairros próximos do Centro acabam te dando uma vida noturna mais flexível.
Prioridades
Se tiver um cooler dê um jeito de fazer caber no porta-malas. Se esse cooler tiver rodinhas, aí sim você dê um jeito. Vai ser muito útil e você vai economizar um bom dinheiro só levando um desse.
Lapa
Conheça a noite da Lapa. Sério. Muuitos barzinhos, com música de todos os tipos - enfoque especial no funk e samba. Os preços vão variar de acordo com a "fama" de onde você for. Por exemplo, uma amiga nossa queria conhecer o Botequim Vaca Atolada então ficamos um pouco lá na roda de samba. Um litrão de Brahma custava R$ 17,00. Saindo de lá, praticamente no mesmo quarteirão, fomos em um barzinho que vendia um salgado S-E-N-S-A-C-I-O-N-A-L por R$ 1,00 - UM REAL - e o latão de Brahma por R$ 4,50. Entende? 
Coma sem medo
Aproveitando que você está na Lapa ou passando por lá, pare nas barraquinhas. Deixe o preconceito de lado e bate uma marmita. Arroz, farofa, fritas e um churrasquinho pra forrar o estômago.  
Vidigal
Mais uma vez, deixe de preconceito. Nem tudo é como a tv mostra. Dá uma olhada no facebook qual a programação do Bar da Laje no Vidigal. Esse ano estava rolando um show do Grupo Revelação. O preço não é o menor (R$ 10,00 uma latinha), mas a vista e a energia compensam. Ah, se prepare para subir de moto-táxi.
Cerveja
Se você, como eu, é chegado numa cervejinha (acho que nem deu pra notar, né kkk) leve seu cooler na praia com você. Aparentemente, os cariocas já não são tão apegados na bebida. Raramente passa um ambulante vendendo.
Na praia
Leve dinheiro para o aluguel da cadeira e do guarda-sol. O preço vai variar dependendo da praia e localização que estiver. Média de R$ 8,00 por cadeira e R$ 10,00 por guarda-sol. Leve também uma sacolinha para jogar seu lixo - fora as latinhas que sempre tem alguém recolhendo para reciclagem.
Matte
Tome um, dois, três ou quantos copos puder de Matte com limão que eles passam vendendo na areia. Depois você me conta.
Filtro Solar
Nem preciso me aprofundar nesse tema. Indispensável. Mesmo se estiver nublado.
Copacabana e os fogos
Agora vem textão kkk 
Vai levar bebida? Compre no dia 30! De um dia para o outro as bebidas inflacionam de uma maneira extraordinária, pegamos 25% de aumento. 
Se for de metrô - que acredito que seja a melhor maneira de chegar lá - compre os tickets na semana anterior. As vendas se encerram rapidamente e para embarcar no dia 31 apenas com esse ticket diferenciado (tem horários específicos - nós pegamos o das 22h)
Vá com clima de festa. Caso contrário, vai se estressar rapidinho. É muita gente: querendo passar, empurrando, pisando no seu pé e sem educação.
Não dê chance ao azar. Como está superlotado, um empurra-empurra, para alguém passar por você e pegar sua carteira, seu celular ou qualquer coisa de valor, e você não perceber é muito fácil e possível. Na dúvida, melhor não levar.
Mulheres. Se você, como eu, não é muito fã de usar banheiros químicos, controle sua bebida. Impossível encontrar um banheiro sem fila e não tão imundo. É muita gente...
Não se esqueça de meia noite abraçar bem forte aquela pessoa que você ama. Se ela não estiver com você, mentalize bastante ela. Agradeça ao universo mais um ano.
Os fogos são incríveis.
Essas dicas são baseadas no que eu vivi na cidade maravilhosa. O que posso dizer para você é que em toda viagem que você fizer, vá aberto a conhecer a cultura local ♥
Você tem mais alguma dica para dar? 

Até breve,
Fran Scandolara
  
         

Queridinhas dos Seguidores

Filme | Extraordinário

Minimalismo | Eu sou minimalista?

Economizando | Como anotar todos os gastos me ajudou