Favoritos do Youtube | Janeiro 2018

Oi, gente!

Hoje começo uma nova coluna aqui no blog: Minhas Indicações. Nela vou compartilhar com vocês o que mais gostei no mês em questão.

Nessa categoria vou compartilhar os vídeos que assisti e que senti que deveriam ser levados à outras pessoas.  Os vídeos não foram lançados necessariamente em janeiro, eu apenas os assisti nesses mês.

Sem mais conversa, vamos lá que a lista está grande, rs 

Bel nos conta um pouco sobre a história do hospício de Barbacena, onde aconteceram inúmeros crimes e que o Estado fingia não saber. 

Ellora nos apresenta uma perspectiva diferente sobre a música, mostrando como a hipocrisia ainda é massacrante no Brasil.

O PODER DA GRAVATA - Teoria das bolinhas 
Larissa conta uma teoria que ela criou alguns anos atrás de como os pequenos problemas do dia-a-dia vão nos afetando aos poucos.

Lu dá alguns conselhos para as futuras mamães sobre a gravidez em geral. É legal assistir, mesmo para quem não está grávida.

ALEXANDRISMOS - Eu sou inseguro 
Alexandra explica de forma bastante aberta, que não é porque tomamos a frente em algumas situações que somos seguras todo o tempo.

Bárbara mostra uma nova vertente para o caso de gordofobia envolvendo a Alexandra e o Danilo Gentili.

Edu e Fi nos mostram o instagram da Sônia. Sempre com seus comentários irônicos. 

Maíra reúne uma série de frases que as mulheres costumam escutar no mercado de trabalho, até mesmo em uma entrevista de emprego.

Larissa e Pablo, nos mostram uma alegria da vida adulta kkk Sério! É muito bom de assistir!

ILHA DE BARBADOS - É hora de falar sobre suicídio 
  Cauê, PC e Rafinha, discutem o tema suicídio. É interessante ver como três opiniões diferentes se complementam.

Júlia e Gustavo em uma conversa muito interessante sobre o quanto o sonho da realização pessoal acaba não nos deixando ajudar verdadeiramente ao próximo.

Marina nos conta o resultado de uma simples ação: tirar a data de aniversário do facebook. O resultado serve para refletirmos sobre a necessidade que sentimos em receber demonstrações de carinho - ainda que vazias.

Espero que gostem das indicações. Me contem depois!

Até breve,
Fran Scandolara 

Inventário 2018 | Livros

Oi, gente!

Continuando com o meu inventário chegamos nos meus livros ♥ 
Faz um bom tempo que não compro livros físicos, mas nem sempre foi assim... Sempre gostei de ler e aproveitava qualquer promoção online para comprar novos títulos . Na maioria das vezes acertei nas minhas escolhas, porém as últimas compras que fiz acabei errando a mão.
Assistindo algumas resenhas de livros no Youtube, acabei me interessando bastante por livros que tinham uma pegada mais voltara para história e comprei alguns deles. Mas, acabei descobrindo que essa temática me envolvia apenas nas resenhas, os leituras acabaram não fluindo.

Então, para iniciar essa etapa do inventário, primeiro precisei fazer uma limpa na estante... Os livros que eu retirei estão na minha lojinha do Enjoei.
Assim, os livros que continuam comigo estão divididos em dois segmentos: lidos e não lidos. Eu sei que a Marie Kondo diz que se não lemos o livro até agora, não será lido mais. Porém, eu ainda tenho esperança em ler. E com esse inventário será muito mais fácil conseguir.

A intenção em fazer esse inventário dos livros é ainda este ano ler esses que estão pendentes e decidir quais vão permanecer na minha estante. Além disso, enquanto fiz o inventário pensei em fazer a resenha de vários deles para vocês.
Para quem tiver curiosidade, os livros são esses:

LIDOS
Assassinato no beco
A menina que roubava livros
O meu pé de laranja lima
Depois da escuridão
A senhora do jogo
O pacto de infidelidade
O segredo do meu marido
Querido John
Confie em mim
O caçador de pipas
Casa limpa e arrumada
Gêmeas
Formaturas infernais
Bendita seja esta maldita paixão
A marca de uma lágrima
Noites de tormenta
O pequeno príncipe
Os elefantes não esquecem
O natal de Poirot
Treze à mesa
Cai o pano
Assassinato no expresso do oriente
Poliana
Poliana moça
A inocência do Padre Brown
E não sobrou nenhum
Nada dura para sempre
Se houver amanhã
O caso do hotel Bertram
O misterioso caso de Styles
O céu está caindo
Conte-me seus sonhos
O mercador de Veneza
Um homem de sorte
Clarineta, bruxa e princesa
De papai e mamãe

NÃO LIDOS
O diário de Anne Frank
Ponto de Impacto
Laços Eternos
O Bem e o Mal
Quincas Borba
Primeiras Estórias
Memórias Póstumas de Brás Cubas
Ao Pé da Escada
Contos Fantásticos do Século XIX
Se eu fechar os olhos agora
 A menina que não sabia ler
 O perfume - A história de um assassino
Criança 44
Quando a vida escolhe
Precisamos falar sobre o Kevin
 Casa de bonecas
Gente jovem


Quer saber mais sobre o projeto do inventário? Clique aqui 

Até breve,
Fran Scandolara 

Minha Experiência | Alongamento de cílios: eu testei e conto tudo aqui - EXPERIÊNCIA COMPLETA

Oi, gente!


Bom, como contei para vocês nesse post aqui, fiz alongamento de cílios em novembro de 2.017. Hoje vim dar o meu veredito sobre esse procedimento.



Pontos positivos
Enquanto eles estão inteiros, ou com poucas falhas, você acorda simplesmente pronta para encarar o mundo cruel kkk Sério. Eu acordava me sentindo incrível, tinha dias que nem me preocupava em fazer maquiagem, tamanha a confiança que os cílios me davam.

Pontos negativos
Sabe quando você sai do banho e dá aquela enxugada no rosto com a toalha? Então, fica difícil. Tem que tomar cuidado. Além disso, algumas vezes não sai um cílio de cada vez, sai logo um tufinho e daí fica bem perceptível... Claro, se eu tivesse feito a manutenção logo teria desaparecido, mas tinha outra coisa me incomodando. Logo após 10 dias com os cílios, alguns caíram e os que sobraram começaram a cutucar meu olho e me chatear bastante...

    Considerações finais e conselhos
Eu deixei meus cílios irem saindo aos poucos, alguns acabaram arrancando meus próprios cílios naturais, mas eu já tinha consciência de que poderia acontecer. Quando sobraram alguns cílios desconexos maiores eu peguei uma tesourinha e com todo cuidado do mundo tentei igualar aos meus naturais. Você pode retirar no salão, porém li alguns relatos na internet e falaram que o procedimento arde demais e desisti. Para acelerar o processo comecei a lavar bem a região dos cílios no banho quente para a cola ir derretendo sozinha. 
Um dos meus conselhos é não colocar na extensão toda dos olhos. Acredito que só colocando no final já ficaria bonito e natural.
O outro é faça o alongamento em um momento especial. Por exemplo, uma viagem em que você vai ficar um tempo fora e não quer ter trabalho com maquiagem.

Gostei da experiência, mas para mim o melhor mesmo será investir em uma boa máscara de cílios quando essa minha acabar e quando quiser ir para uma balada um pouco mais carregada na make colocar um cílio postiço bem bonitão.

Até breve,
Fran Scandolara   

Economizando | Como reduzir seu consumo de plástico com 3 dicas simples ♥

Oi, gente!

Não sei se vocês já pararam para pensar no quanto consumimos de plástico diariamente: aquele cafézinho na padoca, a garrafinha de água ou refrigerante no meio da tarde, sem contar as formas em que nem percebemos que o que estamos utilizando é de plástico...
Eu estou longe de ser a pessoa mais eco do planeta, mas de uns tempos para cá comecei a prestar mais atenção no meu consumo e consegui reduzir o mesmo de maneiras tão simples que decidi compartilhar com vocês.

Use refil
  Eu gosto de usar sabonetes líquidos. A marca que eu uso tem a embalagem convencional (que é a que a maioria compra, aquela de plástico mais durinho) e também tem a opção de refil. Depois de um tempo em que eu substituía sempre a embalagem convencional, decidi mudar. Guardei uma delas e comecei a utilizar o refil. A redução no preço não é tão significante, porém na própria embalagem vem escrito que o refil tem uma redução de 70% de plástico em comparação com a convencional.
Não são só sabonetes que têm a opção de refil, então sempre que possível dê preferência à esses produtos. O produto dentro da embalagem é o mesmo, afinal e se você se incomoda em usar direto do refil, compre uma embalagem convencional e depois a reuse com o conteúdo dele.

Use seus próprios copos e garrafas
Se no seu trabalho tem um bebedouro ou filtro, comece a levar o seu copo ou garrafa de casa. Dessa maneira você evita ficar gastando copos descartáveis. Mesmo que você use apenas um copo durante todo o dia, no final de um ano isso significa pelo menos 300 copos descartáveis. 
O mesmo vale para garrafas: que tal levar uma na bolsa? Dependendo o lugar que for, você pode aproveitar o bebedouro para encher a sua e não comprar outra garrafinha.

Use ecobags ou reutilize sacolas
Vou ser bem sincera, não gosto de utilizar ecobags, apesar de ser uma ótima solução para não usar sacolas plásticas. Sabendo disso, busquei uma outra solução para esse problema e encontrei a seguinte: quando possível coloco o produto que comprei diretamente na minha bolsa, quando não cabe ou vai sujar a bolsa, pegar cheiro de alguma maneira, utilizo uma sacola plástica que já está comigo na bolsa. Ocupa zero espaço e depois de utilizar é só chegar em casa, guardar o que comprei e voltar a sacolinha para dentro da bolsa.

Sei que as três dicas parecem até bobas de tão simples, mas muitas vezes na correria do dia acabamos não colocando-as em prática. 
Temos que procurar sempre lembrar que o que parece pouco quando feito por uma única pessoa, pode ter um impacto grande quando feito em conjunto. 

Como você reduz seu consumo de plástico? Me conta!

Até breve,
Fran Scandolara   

Viagem | Sobre passar o Réveillon no Rio de Janeiro ♥

Oi, gente!

Quem me acompanha nas redes sociais deve ter visto que meu réveillon foi um pouco diferente... Eu, meu namorado e mais três amigos fomos passar o réveillon no Rio de Janeiro na casa do namorado de um dos meus amigos. 
A cidade maravilhosa é realmente um escândalo de cultura, diversidade e animação. 
Como nossa intenção era curtir o final de ano, não visitamos nenhum ponto turístico clichê da cidade, pois a tendência era estar superlotado, como quase tudo na cidade, rs.
Sei que ainda está longo, mas quero aproveitar que ainda está tudo bem fresquinho na minha mente e compartilhar algumas dicas para você que está pensando em passar a virada de ano por lá.

 Como ir? 
 Como nós somos do interior de São Paulo, acabamos optando por ir de carro, já que só tivemos certeza de que a viagem aconteceria faltando três dias. Se você também optar por essa situação, lembre-se de pensar bem se todos vão ficar confortáveis. É uma viagem longa e se for em cinco pessoas no carro pode causar um pouco de dor nas costas kkk. Caso você já tenha se planejado, procure acumular pontos no seu cartão. Em novembro, lembro de ter checado quanto ficaria uma ida e volta  e  os trechos Campinas / Rio + Rio / Campinas estava saindo por 14.000 pontos. Muito bom, ainda mais se tratando de réveillon.
Onde ficar?
No nosso caso temos um amigo que mora na Lapa e ficamos no apê dele. Mas, se esse não é o seu caso, deixe essa bobeira de ficar próximo da praia pra lá. O metrô é só R$ 3,80 e vai te levar na praia que quiser, rs. Sem contar que os bairros próximos do Centro acabam te dando uma vida noturna mais flexível.
Prioridades
Se tiver um cooler dê um jeito de fazer caber no porta-malas. Se esse cooler tiver rodinhas, aí sim você dê um jeito. Vai ser muito útil e você vai economizar um bom dinheiro só levando um desse.
Lapa
Conheça a noite da Lapa. Sério. Muuitos barzinhos, com música de todos os tipos - enfoque especial no funk e samba. Os preços vão variar de acordo com a "fama" de onde você for. Por exemplo, uma amiga nossa queria conhecer o Botequim Vaca Atolada então ficamos um pouco lá na roda de samba. Um litrão de Brahma custava R$ 17,00. Saindo de lá, praticamente no mesmo quarteirão, fomos em um barzinho que vendia um salgado S-E-N-S-A-C-I-O-N-A-L por R$ 1,00 - UM REAL - e o latão de Brahma por R$ 4,50. Entende? 
Coma sem medo
Aproveitando que você está na Lapa ou passando por lá, pare nas barraquinhas. Deixe o preconceito de lado e bate uma marmita. Arroz, farofa, fritas e um churrasquinho pra forrar o estômago.  
Vidigal
Mais uma vez, deixe de preconceito. Nem tudo é como a tv mostra. Dá uma olhada no facebook qual a programação do Bar da Laje no Vidigal. Esse ano estava rolando um show do Grupo Revelação. O preço não é o menor (R$ 10,00 uma latinha), mas a vista e a energia compensam. Ah, se prepare para subir de moto-táxi.
Cerveja
Se você, como eu, é chegado numa cervejinha (acho que nem deu pra notar, né kkk) leve seu cooler na praia com você. Aparentemente, os cariocas já não são tão apegados na bebida. Raramente passa um ambulante vendendo.
Na praia
Leve dinheiro para o aluguel da cadeira e do guarda-sol. O preço vai variar dependendo da praia e localização que estiver. Média de R$ 8,00 por cadeira e R$ 10,00 por guarda-sol. Leve também uma sacolinha para jogar seu lixo - fora as latinhas que sempre tem alguém recolhendo para reciclagem.
Matte
Tome um, dois, três ou quantos copos puder de Matte com limão que eles passam vendendo na areia. Depois você me conta.
Filtro Solar
Nem preciso me aprofundar nesse tema. Indispensável. Mesmo se estiver nublado.
Copacabana e os fogos
Agora vem textão kkk 
Vai levar bebida? Compre no dia 30! De um dia para o outro as bebidas inflacionam de uma maneira extraordinária, pegamos 25% de aumento. 
Se for de metrô - que acredito que seja a melhor maneira de chegar lá - compre os tickets na semana anterior. As vendas se encerram rapidamente e para embarcar no dia 31 apenas com esse ticket diferenciado (tem horários específicos - nós pegamos o das 22h)
Vá com clima de festa. Caso contrário, vai se estressar rapidinho. É muita gente: querendo passar, empurrando, pisando no seu pé e sem educação.
Não dê chance ao azar. Como está superlotado, um empurra-empurra, para alguém passar por você e pegar sua carteira, seu celular ou qualquer coisa de valor, e você não perceber é muito fácil e possível. Na dúvida, melhor não levar.
Mulheres. Se você, como eu, não é muito fã de usar banheiros químicos, controle sua bebida. Impossível encontrar um banheiro sem fila e não tão imundo. É muita gente...
Não se esqueça de meia noite abraçar bem forte aquela pessoa que você ama. Se ela não estiver com você, mentalize bastante ela. Agradeça ao universo mais um ano.
Os fogos são incríveis.
Essas dicas são baseadas no que eu vivi na cidade maravilhosa. O que posso dizer para você é que em toda viagem que você fizer, vá aberto a conhecer a cultura local ♥
Você tem mais alguma dica para dar? 

Até breve,
Fran Scandolara
  
         

Inventário 2018 | Esmaltes

Oi, gente!

Como contei para vocês nesse post aqui, comecei a fazer um inventário das coisas que eu tenho. 
Hoje foi a vez dos esmaltes e o processo foi praticamente o mesmo, exceto pelo fato que eu já tinha feito uma limpa a pouco tempo, então não tinha nenhum produto vencido.
Eu mesma esmalto minhas unhas, então sempre tem aquela tentação quando vou à farmácia e vejo uma cor que amo, mas faz um tempo que não compro nada e já vocês vão entender o por quê.

No total tenho 10 esmaltes e logo no começo pude perceber minha preferência por tons nudes e vinhos. A variação é exatamente essa kkk Tirando o esmalte de glitter que é o coringa pra quando você quer mudar só um pouquinho. Por isso tenho evitado comprar esmaltes: sempre fico na mesma paleta de cores - com uma variação de tom tão pequena que ninguém percebe que mudei a cor.

Desses 10 esmaltes:
2 vencem em 2018, 5 vencem em 2019 e 3 vencem em 2020.

Além deles tenho:
01 acetona
Algodão
01 cortador de unhas
01 palito de metal
01 palito de madeiras
03 lixas pequenas
Então a tática será a mesma que estou aplicando com as maquiagens: dar preferência aos produtos que vão vencer primeiro. Muito provavelmente eu não terei terminado eles até o vencimento, o que me fez pensar em como é desnecessário ter tantos esmaltes. 

Entendo que muitas pessoas já deixaram o hábito de pintar as unhas de lado, eu não me importo muito e dependendo de como estou fico meses sem pintá-las, mas ainda assim acho terapêutico esse momento. 
Acabando esses esmaltes, pretendo ficar com uma única cor - provavelmente nude - e o meu companheiro esmalte de glitter. Quando quiser muito inovar, acredito que valha mais a pena pagar uma manicure.

E você? Qual a sua relação com esmaltes?

Até breve,
Fran Scandolara

Você também pode gostar desses posts ♥ 

Organização | Meu Planner 2018 ♥

Oi, gente!

Em 2017 tentei algumas formas de me organizar. Algumas com sucesso e outras nem tanto, rs. Sempre pensei em comprar um planner, mas quando via os preços... Mudava de ideia. 
Assistindo ao Canal da Elisa Langsch acabei descobrindo esse planner da Tilibra - que você pode comprar aqui (aliás compre canetas também, são maravilhosas!). Um planner bem básico, simples e barato.


Ele é bastante prático, com espaço apenas para o essencial. Até o momento está sendo bastante útil pra mim. Abaixo algumas fotos do que mais gostei ♥

CAPA com aquela pegada minimalista que a gente AMA ♥

PLANNER DIÁRIO com espaço só para o que é ESSENCIAL

muitas folhas para ANOTAÇÕES - muitas mesmo!
Como ainda estou testando essa maneira de me organizar, vou esperar um tempo, mas logo faço um vídeo contando para vocês como está sendo minha experiência.
Até breve,
Fran Scandolara
Veja mais clicando aqui 



Inventário 2018 | Maquiagens

Oi, gente!

Finalmente comecei a fazer um "inventário" das coisas que eu tenho. Sempre tive vontade de fazer, mas nunca dei start no projeto por preguiça mesmo, rs. 
Gosto da ideia do inventário pois assim consigo saber exatamente o que eu tenho e continuar minha jornada de autoconhecimento, observando o que eu tenho demais, o que eu não tenho e que algumas vezes me faz falta, além de aumentar a vida útil do que já tenho.

Comecei pelas maquiagens. Nos últimos meses comprei somente uma base, crente que estava apenas repondo a que acabou. Eis que nesse inventário eu descobri que tenho NOVE bases e bb creams. Pois é. Também fiquei chocada com essa informação. Mas, descobri um hábito de consumo que até então não tinha notado: eu tinha comprado algumas dessas bases e usado, mas não gostado tanto e então fui testando outras até que esqueci das que já tinha. 

Como comecei?
 reuni todas as maquiagens que eu tinha em casa, verifiquei as datas de validade e mesmo com as vencidas, verifiquei quais produtos ainda estavam em bom estado. Depois de ficar apenas com o que ainda estava bom para uso fiz a contagem.

Contagem das Maquiagens
BB Cream e Bases: 9
Corretivos: 2 
(sendo que um é uma paleta com 6)
Pó: 2
Contorno: 1 
(que na verdade era uma sombra de corrigir sobrancelha que quebrou e virou um pó, mas consegui encontrar utilidade como contorno, rs)
Blush: 1
Sombras: 03 
(sendo uma única e duas paletas, um total de 20 cores)
Sobrancelha: 1 
(paleta)
Lápis e delineador: 4
Máscara de cílios: 2
Batons: 15
Esponjinhas: 4
Pincéis: 20

De posse dessas informações o que eu fiz?
 Em cada categoria ordenei os produtos por data de validade. As opções que estão mais próximas de vencer são as que eu vou deixar separadas para usar diariamente. 
Por exemplo, para trabalhar eu sempre passo base, corretivo, pó, rímel e corrijo minha sobrancelha... Então, separei todos esses produtos com a validade mais próxima. Dessa forma eu não desperdiço o que já foi comprado tendo que jogar fora e ainda aumento a vida útil dos outros produtos.

Essa é só uma das categorias em que fiz o inventário e já percebi o quanto ele será importante para mim. Como forma de autoconhecimento e como uma maneira de consumir de maneira mais consciente.

Vou contando para vocês os próximos inventários.

Até breve,
Fran Scandolara

Você também pode gostar desses posts ♥

Organização | Feliz ano novo! Algumas metas ♥

Oi, gente!
Resultado de imagem para 2018 

Mais um ano começando! E nada melhor do que aproveitar toda a animação e sensação de energias renovadas que vem com ele para pensarmos nos sonhos e vontades que queremos realizar, não é mesmo?

Hoje quero compartilhar algumas das minhas metas com vocês. Para esse ano procurei manter metas possíveis. Nada de loucuras. E acredito que todas serão alcançadas com sucesso!

Metas 2018:

* Voltar a dirigir *
* Iniciar curso de corte e costura *
* Iniciar curso (online) de inglês / espanhol * 
* Atingir 200 mil views no blog *
* Chegar a 1000 seguidores no instagram, fanpage e blog *
* Bater a meta na agência 5 meses do ano *
* Guardar 100% das minhas comissões / renda extra *
* Guardar 10% do meu salário todos os meses * 
* Chegar e manter menos de 110kg *
* Me exercitar 3x por semana *
* Não fumar *
* Beber somente aos finais de semana *
* Doações em datas específicas *
* Cartas para o Lar dos Velhinhos *
* Manter o autocontrole em todos os setores da vida *
* Ter mais tempo de qualidade com minha família *
* Destralhar sempre que possível e necessário *
* Viajar mais *
* Ler 12 livros *
* Criar um cana no youtube *

Quais as suas metas? 
Desejo que seu ano seja incrível e cheio de grandes oportunidades.

Até breve,
Fran Scandolara