Sobre TER que ser mãe...

Oi, gente!


Estamos em 2.017 e ainda temos que viver uma cobrança da sociedade que vem enraizada de muitos anos atrás, acredito que desde o começo dos tempos: quando você vai ser mãe? Para algumas pessoas a mulher ainda tem um destino único na terra: casar - ter filhos - cuidar da família.
Com tantas conquistas que nós mulheres obtivemos no decorrer dos anos, ainda é muito difícil conseguir escapar do padrão da expectativa pela maternidade alheia. 
Quantas vezes, nós mesmas, olhamos com pena para um casal que não tem filhos e criticamos aquelas mulheres que falam abertamente que não querem tê-los? 
É preciso abrir a mente e entender que assim como existem mulheres que se realizam sendo mães, tantas outras encaram a maternidade apenas como parte da vida e ainda outras apenas não desejam vivê-la. E não cabe a ninguém decidir isso, a não ser elas mesmas. Com tantas oportunidades colocadas a nossa frente, com a possibilidade de liberdade cada vez mais iminente, ser mãe é uma decisão cada vez mais delicada a ser tomada.
Percebo na minha geração, um desejo crescente de realização pessoal atrelado ao sucesso profissional, onde uma maternidade/família acaba ficando em segundo, terceiro, quarto plano. As mulheres estão tendo filhos cada vez mais tarde e buscando parceiros de vida que dividam os afazeres domésticos e a educação das crianças.


Além disso, a partir do momento em que começamos a entender que a maternidade não é uma sina das mulheres, podemos perceber um planejamento maior quanto a maternidade. É possível planejar quando e quantos filhos queremos ter, bem como analisar quais serão as possibilidades de proporcionar aos filhos uma boa educação, qualidade de vida, etc.
Não tenho dúvidas de que ser mãe deve ser uma sensação única e inexplicável, assim como também sei que junto com a maternidade é necessário encarar uma série de responsabilidades e privações. Por isso a decisão deve ser única e exclusivamente da mulher.


Até breve,
Fran Scandolara


Você também pode gostar desses posts 

Queridinhas dos Seguidores

Desafio Pessoal: 14 peças, 14 dias

Projeto: Reeducando a Mente

Aparência x Felicidade - Qual a relação?