30 | O que "13 reasons why" vem nos reafirmar?

Oi, gente!
No dia 31 de março estreou a série original da Netflix "13 reasons why", em português "13 porquês".
Resolvi me render e o resultado foi uma temporada em 2 dias, rs



Sobre a série: Hannah Baker é uma adolescente que cometeu suicídio e deixou uma caixa com 13 fitas (daquelas de rádio, bem antigas) e um mapa para 13 pessoas que ela considera terem interferido de maneira direta na sua decisão de cometer o ato. A série mostra quando as fitas chegam a Clay e vai nos ambientando em todas as reações que ele tem ao descobrir os motivos.

Minhas considerações: bom, levando em conta que eu assisti a série em dois dias, posso dizer que gostei bastante da série. Ela aborda assuntos sérios do universo adolescente e de uma maneira também séria, sem menosprezar os sentimentos e minimizar a importância das cenas que estão acontecendo. 
É uma temática bastante atual, mas que também vai fazer sentido se você, como eu, já não está no ensino médio há algum tempo, rs. São dramas que hoje em dia, olhando de fora, parecem bobos, mas que quando estamos passando por essa fase fazem todo sentido. 

Pensando em tudo que a história passou (e torcendo para que a 2ª temporada chegue logo), resolvi escrever esse post com alguns pensamentos que a série veio nos reafirmar. Vamos lá então:

  • Não ajude a espalhar fotos íntimas. Não é só quando estamos em fase escolar, não. Quantas vezes chegam até nós fotos de outras pessoas, em situações constrangedoras, não necessariamente nuas, mas de maneiras que também não gostaríamos que estivéssemos expostos. Não passe adiante. Simplesmente apague e diga para quem enviou que você não gostaria de receber esse tipo de conteúdo.
  • Não rotule as pessoas. Mesmo quando for um "rótulo bom". Rotular é algo que não faz nenhum sentido. Como pode uma pessoa ser qualificada por apenas uma característica? As pessoas são conjuntos de características e nem sempre o que é um elogio para você é um elogio para a outra pessoa. 
  • Não faça nada por pressão dos amigos. Muitas vezes estamos em um círculo de amigos e a convivência acaba nos fazendo tomar decisões bobas para parecermos ainda mais "da turma". Bobagem. Quem vai gostar de você, vai gostar como você é. Você não precisa se reafirmar para ninguém.
  • Não pratique o bullying. Isso parece tão óbvio, né? Mas, pensando consigo lembrar inúmeras vezes em que grande parte dos alunos da minha sala, inclusive eu, caíram matando em cima de algo que outro aluno fez. Na época, não parecia nada demais. Afinal, eu nunca sofri um bullying pesado. Mas, tenho certeza que a pessoa que recebia a enxurrada de críticas, com ou sem motivo, deve ter ficado muito abalada na época.
  • Abuso é abuso. Não tente minimizar esse ato. Esconder, fingir que não aconteceu. Pode ser abuso físico ou psicológico, é abuso e isso não deve acontecer com você. Conte para seus pais, para seus amigos, para responsáveis. Conte!
  • Drama familiar. Acredite: não existe família 100% perfeita. Infelizmente, vivemos em um mundo de aparências, onde a grama do outro sempre parece mais verde que a nossa. Mas, isso porque só nos mostram o que querem que a gente veja. Todos vamos passar por desentendimentos e incompreensões dentro de casa, mas na maioria das vezes, isso passa. 
  • Tente não julgar. Digo tente, porque é bastante difícil. Mas, muitas vezes pensamos, quando não dizemos, algo sobre alguma pessoa e não sabemos o que ela está passando verdadeiramente.
E, é claro, que nas entrelinhas da série temos muitas outras reafirmações. Então, se você ainda não assistiu, recomendo fortemente que assista. Não espere cenas cômicas, porque são bastante raras. É uma série intensa, profunda e cheia de problemas que precisamos enfrentar. 
Ps: o último capítulo poderia ter sido melhor explorado, mas ainda assim, vale a pena assistir.

E você? Já assistiu? O que achou? O que a série te mostrou?


Até breve,
Fran Scandolara

49 comentários:

  1. Assisti apenas o primeiro episódio até agora, porque quero esperar para terminar o livro. Ainda assim, é clara a inércia de boa parte dos personagens em face do sofrimento de Hannah. O trágico é que, na vida real, também agimos assim muitas vezes; temos aquele feeling de que alguém está sofrendo, mas pouco fazemos para ajudar ou, ao menos, tentar amenizar a situação.
    Espero que todos possam pensar melhor nas suas atitudes vendo a série, e que seja possível espalhar um pouquinho mais de empatia por aí.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou pensando em começar o livro também! E com certeza, são inúmeras às vezes que resolvemos nos abster de ajudar alguém.

      Beijos!

      Excluir
  2. Essa série veio dar um tapa na cara dessa sociedade errada! Muita gente vive esses problemas calada e quando falam, recebem que é besteira e vai passar. Muito importante levar a tona esses temas, hoje e sempre. Adorei seu post! ♥

    ResponderExcluir
  3. Estou ouvindo muito falar sobre esta série, mas até agora seu post foi o mais completo sobre o assunto, me despertou interesse em assistir! Parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  4. Estou no oitavo episódio e estou adorando. Acredito que a série tenha algo de realmente bom para nos ensinar. 13 reasons why é bem mais do que uma série sobre suicídio. Beijos e parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amei a série, o último episódio achei fraco. Mas o restante compensou.
      Beijos!

      Excluir
  5. Olá! Excelente post, comecei a assistir faz pouco tempo, achei até bem forte o tema mas bastante realista cutucando em um lado escuro da sociedade, estou querendo muito ler o livro também .
    Abraços e sucesso!

    www.pandapixels.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi! Assisti o primeiro episódio e quero muito terminar a temporada. Acho que, como você falou, vai muito além do suicídio e do bullying. Acho que todo mundo já ofendeu e machucou alguém, e é importante que a gente repense nossas atitudes e a consequência que palavras maldosas podem ter na vida de alguém. Parabéns pelo post.

    Beijos!
    Metamorphya••• Participe do Sorteio de 1 Ano do Blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou. Realmente é apenas uma questão de se colocar no lugar do outro.

      Beijos!

      Excluir
  7. Parabéns pelo post ótima resenha, a série contém temas realmente muito fortes e importantes pra principalmente para nós adolescentes!Vou assistir, com certeza!

    http://porcimadacabeceira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu não assisti a série mas bato palmas para os tópicos nos quais você abordou, estamos vivendo num mundo de rótulos onde até as desgraças alheias queremos publicar pra chamar a atenção das pessoas pra gente.
    Esse julgamento coletivo de que temos que ser, temos pq? Porque vivemos numa social-democrata quem impõe e embute os seus padrões tendênciosos como os devem ser seguidos, cultuam a beleza, condição social e financeira, de uma maneira agressiva e isso faz com que no mundo tecnológico jovens e adolescentes sejam precionados e envergonhados em "praça pública".
    Parabéns adorei o tema a abordagem, tudo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Fabs. Acho importante que séries e filmes abordem esses assuntos, assim como blogs e youtubers, pois é a maneira mais fácil de chegar na nova geração e mudar aos poucos a cabeça de todos.

      Beijos!

      Excluir
  9. Eu já li o livro e amei. Porem estou tentando me adaptar a forma que netflix conta em video pq pra mim esta série está um pouco cansativa ainda =\ estou pegando pouco aos poucos os episodios pq amo a história e quero termina-la

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, fiquei sabendo que o final é bem diferente do livro. Mas acredito que vá gostar!

      Excluir
  10. AAAA Essa série<3
    amei seu post muito bem estruturado e informativo
    beijos
    <3

    ResponderExcluir
  11. Eu confesso que não conheço nada sobre a história, mas nos últimos dias tenho visto muitas pessoas comentando, e como a Netflix arrasa nas produções, fiquei com vontade de assistir :)

    Beijos,
    Pri
    www.vintagepri.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pri,
      Se tiver oportunidade assista. A série é cativante além de abordar assuntos polêmicos e necessários.
      Beijos!

      Excluir
  12. Ainda não assisti essa série, esperando o final de semana kk
    É tão complicado lidar com tudo isso, ainda mais na adolescência, quando estamos tão vulneráveis e tudo né?!
    Que essa série sirva para ajudar a todos nós a lidarmos melhor com isso, tanto quem passa quanto quem tá ao redor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, a adolescência é uma fase complicada onde estamos sempre buscando a aceitação dos outros. É muito importante ter apoio.

      Excluir
  13. Que série maravilhosa!! Só pelo post ja me apaixonei... Amo séries desse tipo, rs
    E realmente essas reafirmações são muito importantes... ❤ Parabéns

    ResponderExcluir
  14. Tenho visto várias pessoas falando sobre essa série mas ainda não assisti até pq não tinha despertado a vontade, até que hoje de manhã minha irmã postou que amou a série e fez uma maratona bem parecida com a sua rs e aí fiquei curiosa para assistir e claro que ameei esse post mega completo e que me deixou mais curiosa ainda rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Erica, então bora assistir mulher kkk Acho que vai gostar! O último episódio foi o único que não me agradou...

      Beijos!

      Excluir
  15. Assisti a série logo no inicio!! Realmente, o ultimo capitulo foi bem pobre, poderiam ter mostrado punições as pessoas que fizeram mal a Hanna. Mas a serie tem um peso de conscientização muito grande. Todo mundo tem que assistir

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, eu também achei. Mas ouvi dizer que vai ter outra temporada, espero que sim... Preciso de maiores explicações kkkkkk

      Beijos!

      Excluir
  16. To louco pra ver essa série!!!! Resenha muito boa. Adorei que a Selena Gomez está produzindo e que a série fala sobre nós adolescentes de um modo nunca visto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gabriel
      Então!! Eu só vi depois que era Selena que estava produzindo. A série está excelente!

      Excluir
  17. Hey !
    Eu tô vendo muita gente falando bem dessa série ! É ela que foi dirigida pela Selena ?!
    Fiquei bem curiosa ... vou assistir
    Bjs

    ResponderExcluir
  18. Eu estou curiosa para assistir esse seriado, mas eu estou sem tempo!! Vou tentar esse final de semana !! Espero que eu gostar né.
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Que massa nunca ouvi falar nessa série parece ser otima , como você descreve , já quero ver . Parabéns pelo o post .

    ResponderExcluir
  20. Oie, tudo bem? Tenho visto diversos comentários sobre a série mas confesso que ainda não assisti nenhum episódio. Acredito que esse tipo de atitude existe em qualquer ambiente, escola, família, igreja... Porém precisamos abrir os olhos e tentar ver as pessoas com mais amor no coração. Gostei muito da indicação. Beijos, Érika ^.^

    ResponderExcluir
  21. Já me indicaram muito essa série e eu quero muito assisti-lá só que primeiro irei ler o livro para ver se foram fiéis ao que a autora propôs, quero assistir ainda mais por saber que tem Selena Gomez como produtora!

    ResponderExcluir
  22. Eu estou assistindo ela heheheh! E estou um pouco receosa por pessoas virem me falar que eu não deveria assistir por conta da minha ansiedade e blá blá blá. Mas como não sou obrigada e sou curiosa, me rendi a série!
    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Esta serie esta dando o que falr né, gostei muito da sua colocação quanto a ela por que tem muitas coisas que as vezes nem percebemos mais se imagina, a parte que falou que nenhuma familia é 100% perfeita te faz ser mais aceitavel em quanquer meio e não pensar que esta passando vergonha por coisas que na verdade são normais. Beijos

    ResponderExcluir
  24. Terminei de assistir ontem mesmo e ainda estou muito pensativa sobre tudo o que eu vi. Não achei nenhum dos motivos bobos, nem mesmo vistos por fora. Acho importante imaginar como reagiríamos se fóssemos nós naquela situação - e eu tenho certeza que qualquer um daqueles motivos iam me magoar tanto quanto magoaram a Hannah.

    ResponderExcluir
  25. Super concordo com você que as entrelinhas há ainda mais mensagens ao telespectador. E é exatamente isso que torna a série tão boa, toda a mensagem que os responsáveis pela mesma quiseram passar. Além disso tudo, a história é muito envolvente. Comecei a assistir na sexta e só parei sábado de madrugada, após chegar ao fim. Entrou para a minha lista de favoritas e indicações. Adorei a postagem!

    Grande beijo,
    Páginas incríveis

    ResponderExcluir
  26. Ando louca para ver esta série! Mas o tempo está escasso. Mas uma temporada em 2 dias é muito bom record ahah ainda fiquei mais curiosa agora, só vejo críticas boas a esta série. Vou concerteza ver 😊

    ResponderExcluir
  27. Oi Fran, eu nunca cheguei a ler o livro, mas depois de ver o trailer da série eu super fiquei curiosa! Achei muito boa pois realmente trás uma lição de moral e uma reflexão pra vida. Estou gostando muito! Ótimo post! Beijocas! ♥

    + BLOG: http://sorriso-jovem.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Só vi o piloto por enquanto é estou gastando. Vamos ver daqui pra frente:)

    ResponderExcluir
  29. Se tem uma série que deve ser assistida é essa! Aprendemos muita coisa que deixamos passar despercebido algumas vezes por ser atos "pequenos" para nós. Adorei o post bjs

    ResponderExcluir
  30. Melhor série, e o assunto além de ser bem abordado deve ser mais comentado em nossas vidas

    ResponderExcluir
  31. Estou louca para ver essa série, está todo mundo falando muitíssimo bem. Está na minha lista, mas estou meio sem tempo. É super importante esse tipo de post, parabéns! Bj

    http://missdiva.com.br/

    ResponderExcluir
  32. Infelizmente nós somos a geração da ansiedade e depressão, acho muito importante que série e filmes abordem o assunto sobre as consequências, sobre COMO A VIDA É e que está tudo bem que coisas deem errado, está tudo bem que seus planos não deram certo, temos que lutar sim contra o assédio, é difícil que ninguém acredite, é difícil quando fazem pouco caso, mas se pararmos de falar sobre isso, não vai adiantar. Temos que falar mais e muito ainda. Essa série serviu só para mostrar que ainda há um longo caminho pela frente. Adorei o post; Bjs

    ResponderExcluir
  33. Não terminei de assistir essa série. Assisti sete episódios e parei. Porém, todos os pontos que você citou nesse post são muito importantes, com certeza é uma discussão que devemos ter.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir