Marie Kondo - A Mágica da Arrumação - Destralhe Roupas

Oi, gente!
Sei que demorei para continuar com essa série, mas estou de volta.
Se você ainda não viu os outros posts sobre A Mágica da Arrumação clique aqui para entender um pouquinho melhor. 



Como expliquei no último post da série, vamos nos organizar por categorias.
A primeira delas é "Roupas". Na qual temos as seguintes subcategorias: blusas, partes de baixo, roupas de pendurar, meias, roupas íntimas, bolsas, acessórios, roupas para ocasiões específicas e sapatos.

Como foi o meu destralhe? 
Bom, estou em uma tentativa de emagrecer (mais uma vez) e tenho muitas roupas que me servem, que eu amo, mas que eu acredito que se eu perder uns quilinhos fiquem com um caimento melhor.
Então, juntei todas as minhas peças em um único lugar e separei por: 
- Blusas sem manga.
- Blusas manga curta.
- Blusas manga 3/4.
- Blusas manga comprida.
- Casacos.
- Coletes.
- Vestidos.
- Saias.
- Shorts.
- Calças.

Dentro de cada categoria, separei da seguinte maneira: 
- Gosto e me serve - essas peças automaticamente ficaram no meu guarda-roupa.
- Gosto, mas pode ficar melhor - essas peças estão separadas em uma mala. Me dei o prazo de 3 meses, para prová-las novamente.
- Gosto, mas vai demorar para servir - essas peças foram embora, pois se vão demorar para servir, não têm necessidade de ficar ocupando um espaço na minha vida e me frustrando sempre que olhá-las.
- Não gosto - tchau!

Depois disso, meu guarda-roupa ficou da seguinte maneira:




BLUSAS SEM MANGA

BLUSAS SEM MANGA E COM MANGA CURTA

CASACOS, BLUSAS COM MANGA LONGA E 3/4, COLETES E VESTIDOS

SHORTS

CALÇAS

ROUPAS DE ACADEMIA

Meias e roupas íntimas: fiz uma limpa em peças que já estavam mais velhinhas.
Roupas para ocasiões específicas: vestidos de festa e biquínis eu guardo dentro do baú da minha cama.
Bolsas, acessórios e sapatos: acredito que merecem um post só para eles. Será o próximo da série.

Sei que ainda não tenho um guarda-roupa minimalista dos sonhos, porém já tenho um guarda-roupa dos meus sonhos. Onde tudo o que vejo tenho vontade de vestir.

O que percebi com a mudança? 
Já ficou muito mais fácil me vestir e saber o que preciso comprar.
Aquela sensação de que não tenho roupa para vestir, já não existe mais e isso realmente é libertador!

E você? Já utiliza o método KonMari na sua vida? Me conta!

Até breve,
Fran Scandolara

Queridinhas dos Seguidores

Desafio Pessoal: 14 peças, 14 dias

Projeto: Reeducando a Mente

Aparência x Felicidade - Qual a relação?