Mudando alguns hábitos

Oi, gente!

Estava pensando comigo em como a minha geração pode mudar o mundo e influenciar as gerações mais novas. Percebo entre os meus amigos, o desejo crescente em SER enquanto em pessoas mais velhas o principal desejo aparente ainda é o TER.
Minha geração cresceu ouvindo falar sobre o aquecimento global, o consumo desenfreado e acredito que essas tenham sido influências inconscientes que fizeram o interesse pelo mundo minimalista crescer.

O que percebo que acontece é que muitos de nós não sabemos por onde começar a praticar o minimalismo e acabamos nos perdendo e confundindo um pouco as coisas, a questão não é ter o menos possível, e sim termos apenas o que nos é suficiente. Sem excessos.

Assim, resolvi dar algumas dicas de mudanças de hábitos que aos poucos fui me envolvendo e me ajudando a desapegar do consumo que ainda tinha:

- Você precisa mesmo ganhar/pegar brindes?
Sabe aquela sensação de que se estão dando algum brinde é porque merecemos? Ou então é porque o valor do brinde já está embutido no valor final da nossa compra? Então... Abandone esse hábito. A menos que o brinde seja algo que você realmente esteja precisando, que tal não pegar? 

- Moda
A moda sempre muda e isso não é segredo para ninguém. Sabe aquela bota cheia de franjas que estava super em alta? Então, nesse inverno já não é tão in assim. Algumas pessoas tem estilo para usar a peça quando bem entenderem e se você é uma dessas pessoas, meus parabéns. Entretanto, minha dica é investir em peças clássicas. Aliás, a real dica é descobrir o seu estilo e investir em peças que o complementem.

- Aprenda a dividir
Dividir é um ato de carinho e além disso, desacelera o processo de consumo. Roupas, maquiagem, livros e muitos outros artigos podem ser divididos no seu círculo social. 

- Compre usado ou em lojas pequenas de fabricação própria
Evite comprar das grandes marcas. Sempre que possível adquira coisas em brechós ou então em lojas pequenas, de pequenos empresários, que possuem fabricação própria, muitas vezes sob medida. É uma maneira de aos poucos ir se livrando das lojas fast fashion.

- Presentear
Nesse post aqui falo um pouco mais sobre como o minimalismo e os presentes podem andar juntos. Mas, em suma, procure presentear as pessoas com experiências ou com algo de que elas realmente precisem.

E você? Já mudou algum hábito que ajudou a ser uma pessoa mais leve?
Qual sua experiência com o mundo minimalismo?

Até breve,
Fran Scandolara


E você, quais hábitos acabou adquirindo ou mudando com o minimalismo? Quais gostaria de mudar?

Queridinhas dos Seguidores

Os 7 R's da Moda Sustentável

Minha descoberta na loja Toque a Campainha

Alongamento de cílios: eu testei e conto tudo aqui