Marie Kondo - Em primeiro lugar, descarte!

Oi, gente!
3º post da série sobre o livro A Mágica da Arrumação da Marie Kondo.


Nessa parte do livro, a Marie nos convida a fazer a seguinte reflexão: Qual foi nossa motivação para decidir a organizar nossas coisas? Qual objetivo pretendemos atingir?
Chegou a hora de definirmos nossas metas. É importante, antes de começarmos a organização de fato, a visualizar qual o estilo de vida gostaríamos de ter e fazer algumas anotações. Depois de definir qual o estilo de vida pretendemos ter, devemos nos perguntar o por quê. E para cada resposta perguntar novamente "porquê"? Ela menciona para que façamos esse processo de 3 a 5 vezes.
No meu caso, quero adotar de forma mais concreta o estilo de vida minimalista.
- Desejo uma vida mais minimalista porque acredito que muitas coisas que tenho não são mais necessárias na minha vida.
Porque?
- Porque hoje acredito que só preciso ter o essencial.
Porque?
- Porque vivendo apenas com o essencial terei mais tempo para mim, para minha família e amigos.
Porque?
- Porque assim serei mais feliz.
Porque?
- Porque não perderei tempo com ambientes e objetos desnecessários.

O objetivo tanto do descarte quanto de ficar com objetos é basicamente ser feliz!
A Marie, nos ensina a pensar da seguinte maneira durante o descarte: "Isso me traz alegria?" - Se a resposta for afirmativa, guarde. Do contrário, "jogue" fora.

(Durante o livro ela fala muito sobre JOGAR FORA. Mas é importante saber interpretar... O jogar fora significa se desfazer. O ideal é sempre doar para quem precisa)

Ao contrário do que pensamos, no momento do descarte o mais importante é decidir o que MANTER e não o que jogar fora.
Antes de escolher o que manter, devemos reunir tudo o que se enquadra em um mesmo grupo em um único local. As pessoas, em sua maioria, não têm o cuidado de guardar coisas semelhantes em um só local. Por isso é importante reunir os objetos, para que saibamos qual a real quantidade de objetos semelhantes que possuímos.

Nós guardamos nossos pertences por três fatores, além do valor material:
  • Funcionalidade: algo que ainda pode ser utilizado.
  • Informações: algo que tenha informações úteis.
  • Laços afetivos: algo que tenha valor sentimental.
Quando tais coisas são difíceis de encontrar (valor de raridade), torna-se ainda mais difícil abrir mão delas.
Baseada nesses fatores, ela diz que a melhor sequência para iniciarmos o descarte é: roupas, livros, papelada, itens variados (que ela chama de Komono) e itens de apego emocional.
Se tivermos muitos itens da mesma categoria, podemos criar subcategorias. Por exemplo:
Roupas - casasos, calças, shorts, etc...

Quando surgir algo que seja difícil de descartar, em primeiro lugar precisamos procurar entender o motivo pelo qual temos esse objeto. No final do processo, restarão apenas as coisas que são valiosas em nossas vidas.

Algumas dicas importantes que aprendi com essa parte do livro:
  • Não deixe sua família ver o que está sendo descartado, não há necessidade disso. 
    • Realmente, de todas as vezes que eu comecei alguma organização na minha casa e pedi para minha mãe doar alguma coisa para alguém, raramente ela o fez. Sempre arrumava algum motivo para que eu não me desfizesse do item.
  • Não arrume ou descarte o que não te pertence. 
    • O que você considera desnecessário, pode ser necessário para outras pessoas. Comece organizando os seus pertences e logo vai perceber uma reação em cadeia.
  • Se você não precisa de algo, sua família também não precisa.
    • De nada adianta você descartar algo lá no quarto do seu irmão ou da sua mãe. A menos que eles te peçam e estejam precisando do item, o mais certo a fazer é tirar o item de dentro da sua casa.
  • A mania de apontar falhas na organização dos outros, normalmente é um sinal de que seu próprio sistema de organização precisa de ajustes.
    • Nisso eu sou craque, rs. Sabe quando sua vida tá um caos, você não sabe por onde começar e nesse meio tempo começa a criticar as atitudes dos outros? Pois bem, sempre é importante começar a mudança por nós mesmos. Isso vale para tudo na nossa vida.

 Na próxima quinta-feira, vou postar para vocês o resultado dos meus descartes.

Até breve,
Fran Scandolara


Queridinhas dos Seguidores

Os 7 R's da Moda Sustentável

Minha descoberta na loja Toque a Campainha

Alongamento de cílios: eu testei e conto tudo aqui