TAG - Minimalismo

Oi, gente!
Vi essa tag no canal da Luiza Ferro, achei legal e decidi responder também!
1) O que te levou ao Minimalismo? 
Percebi que estava muito irritada na minha casa e aos poucos fui notando que grande parte da irritação era por conta de ter coisas demais e não saber onde guardá-las. Aquela bagunça generalizada estava me consumindo. Foi quando parei para pensar que não precisava de tudo que tinha. 

2) Como você começou o seu processo de descarte/desapego? 
Acho que a maioria das pessoas começaram como eu: pelas roupas. Eu tinha muitas peças no guarda-roupa que eu nunca conseguia usar porque simplesmente não gostava delas em mim, porém deixava tudo lá, guardadinho, na esperança de um dia gostar. Além de descartar as peças, tomei a decisão de evitar ao máximo comprar roupas e sapatos.
3) Alguma vez você já contou todas as suas coisas? Se sim, quantas coisas você possui? 
Nunca contei. Não sou uma minimalista total. Ainda estou em fase de desapegar... Então, aos poucos vou me desfazendo, mas ainda tenho muita coisa para conseguir contar.
4) Quais são suas dicas para lidar com o desejo de querer sempre mais?  
No meu caso, o grande problema são as lojas virtuais. Como sou gordinha, lojas físicas geralmente não atendem aos meus desejos de consumo, enquanto a internet tem opções de todos os tamanhos.
Minha dica é evitar ficar olhando e-mails com promoções, evitar clicar em banners do facebook... E, quando, surge aquela peça que você está encantada na internet, minha dica é salvar a página nos favoritos, dar um tempo e voltar a olhar depois de uns 15 dias. Funciona. Muitas vezes quando olho de novo fico pensando o porque que eu queria mesmo aquelas peças...

5) Como você lida com as pessoas que não são minimalistas na sua vida? 
Não gosto de ficar forçando a barra com ninguém, mas mesmo indiretamente minha família já entendeu que estou em outra vibe, procurando gastar menos com objetos desnecessários. Acredito que aos poucos, as pessoas ao meu redor vão se interessando em conhecer mais sobre o minimalismo.
6) Você tem algum guilty pleasure/ponto fraco onde o minimalismo não se aplica? 
Meu ponto fraco são os livros e fotografias. Por enquanto não consegui me desapegar, nem mesmo daquelas fotos que saem horrorosas, com dedo na frente e borrões. Mas estou trabalhando para melhorar nesse ponto aos poucos.
O meu objetivo com o minimalismo é viver uma vida mais leve e com mais significado! A mudança deve vir de dentro e aos poucos.


E você? Já se encantou também pela vida minimalista? Responde essa tag também no seu blog ou nos comentários ;)

Até breve,
Fran Scandolara

Queridinhas dos Seguidores

Os 7 R's da Moda Sustentável

Minha descoberta na loja Toque a Campainha

Alongamento de cílios: eu testei e conto tudo aqui