169 - Pequenas atitudes, grandes mudanças | Caroline L. Arnold


No início desse mês estava procurando por alguma motivação para gerar mudanças na minha vida e me deparei com esse livro. Mal podia acreditar em tudo que iria acontecer.
Sei que estou parecendo mais uma daquelas seguidoras fiéis ao descobrirem algo novo... E é como estou me sentindo. 

O livro traz uma premissa bem básica e que se paramos para analisar é tão boba que todos nós devíamos já saber. Mas ele traz algo que geralmente precisamos para começar a mudar: exemplos práticos de como fazer.

Pequenas atitudes, grandes mudanças da autoria Caroline Arnold, me fez transformar o meu mês de maio e com certeza ainda fará muito por minha vida. 
Abaixo a sinopse do livro:
"A executiva de Wall Street Caroline L. Arnold um dia percebeu que seu sucesso profissional não se refletia nas realizações pessoais. Quando decidia emagrecer, economizar dinheiro ou ser mais organizada, começava com entusiasmo e determinação, mas logo perdia a força de vontade. Se você se identificou, saiba que quase 90% das resoluções de autoaperfeiçoamento acabam em fracasso. Essas derrotas consecutivas podem fazer você tomar medidas cada vez mais drásticas para conseguir alguma mudança, mas, na verdade, é uma pequena atitude que lhe dará mais chances de alcançar seu objetivo. Esse livro apresenta o bem-sucedido sistema das microrresoluções – um conjunto de regras, modelos e exemplos que irá ajudar você a concentrar seu autocontrole em um comportamento específico até ele se tornar tão automático quanto amarrar os sapatos. Ao redirecionar o foco da sua força de vontade, você poderá ter êxito logo na primeira tentativa e verá o impacto que uma grande mudança pode ter na boa forma, nos relacionamentos, na carreira, na saúde, no sono, nos gastos, na organização e na pontualidade. Pequenas atitudes, grandes mudanças mostra que, enquanto a resolução tradicional promete recompensas a longo prazo, as microrresoluções funcionam porque os benefícios são imediatos, alterando nossa rotina e, em última análise, a nós mesmos. "Com fundamentos científicos e exemplos práticos, Caroline L. Arnold oferece poderosos conselhos para nos motivar a poupar mais, comer menos, manter a organização, aumentar nossa força de vontade e até mesmo cumprir nossas resoluções de ano-novo." – Adam Grant, autor de Dar e receber"

Sabe aquela ideia de separar uma meta grande em várias metas pequenas? É algo bem próximo disso, mas ainda assim diferente. Veja bem: se propor a caminhar todos os dias durante 30 minutos, pode parecer algo simples no início, mas que para alguém que não gosta de praticar exercícios ou está a muito tempo sedentário não será tão fácil assim. Agora, se você se propor a caminhar 30 minutos às quartas-feiras parece algo mais razoável, né? Aliás, é tão razoável, que você se sentirá envergonhado em arrumar desculpas para não fazê-lo.

Eu inclui duas microrresolições bem básicas no meu dia-a-dia que já fizeram uma diferença gigante no resto dos meus afazeres:
- arrumar minha cama assim que eu acordo: sim, eu era do tipo de pessoa que não vê utilidade em arrumar algo que logo irei desarrumar, porém, arrumar a cama pela manhã modificou completamente como levo o restante do meu dia. Ver minha cama tão arrumadinha acaba de forma inconsciente me impedindo de deixar o meu quarto bagunçado.
- guardar o meu sapato e blusa assim que chego na minha casa: eu sempre tive um sapato em cada cômodo e raramente sabia onde encontrar meu chinelo. Depois dessa microrresolução, meu subconsciente percebeu que é muito mais rápido guardar cada coisa em seu lugar assim que terminar de usar, do que sair arrumando tudo no final de semana. 

Aqui são alguns exemplos apenas.
Recomendo a todos que tiverem a possibilidade, que leiam esse livro!
(na internet você consegue em pdf gratuito - mas não fui eu que falei ok)


168 - Fazendo meu próprio "uniforme" de trabalho


A quarentena por aqui não acabou, porém eu já tive que voltar a trabalhar com redução de carga horária. E voltando ao trabalho, algo que sempre me incomodou muito é o fato de não termos uniforme na agência onde trabalho. Daí, na correria de todo dia, eu sempre acabava usando roupas que na verdade eu gosto de usar para sair.
Sim, eu sou o tipo de pessoa que categoriza algumas peças como de sair.
Obviamente que acredito que devemos estar vestindo roupas que gostamos independente do que estamos fazendo, a questão não é essa. Gosto de todas as minhas roupas, porém se eu não me organizo acabo sempre usando as mesmas e ficando com aspecto de estar sempre igual. E não gosto disso.
Pensando nisso, e no fato de que no meu trabalho não é exigência usar roupas formais, fiz o seguinte:
separei duas calças, duas sapatilhas e cinco blusas que participam da mesma paleta de cores e com as quais posso trabalhar tranquilamente e montei 10 looks para trabalhar de forma de que não fiquem super repetitivos.
 No vídeo vocês conseguem ver os looks exatamente na ordem que eu uso. 


De forma simples e rápida consegui duas semanas de looks para trabalhar com roupas que eu gosto e sem ficar com aspecto de desleixada.
Outras maneiras de mudar a aparência dos looks pode ser:
- dobrando mangas
- dobrando barras
- dando um nózinho na blusa
- colocando a blusa por dentro da calça

 Na verdade, o maior truque é separar alguns minutos do final de semana e já separar e fotografar as composições de cada look. Assim, você não precisa perder tempo todos os dias.

Fran Scandolara
 

167 - O mundo está cada vez mais doente... E esse não é um texto sobre coronavírus!






Hoje a conversa por aqui é em tom de desabafo.
Já se foram mais de 50 dias em quarentena. Um vírus terrível. Mas isso vocês já sabem (ou deveriam saber).
Se tinha algo que me trazia algum tipo de esperança era que com o dinheiro escasso aliado ao tempo maior dentro de casa, as pessoas começariam aos poucos repensar seus hábitos de consumo.
E explico:
Dinheiro escasso é algo bem simples: faltou dinheiro, as pessoas tendem a gastar somente com o essencial.
Mais tempo em casa: as pessoas perceberiam quantas coisas tem em casa sem uso, muitas vezes repensariam sobre trocar eletroeletrônicos por outros mais modernos, já que conseguiriam realmente usufruir do que já tem.

Mas foi só liberarem o uso de máscaras e, pronto: as pessoas jogaram o consumismo todo nesse item. Sério, gente! Não é possível que tendo uma máscara que é lavável, você precise ter 10 máscaras. 
E é máscara de time, de personagem, estampada, de empresa... 

É o mundo capitalista sempre buscando uma forma de girar. 
Juro que não consigo me conformar.


Até breve,
Fran Scandolara

166 - Minimalismo | Cosméticos: cabelo, corpo e rosto

Oi, gente!

Aproveitando a quarentena fiz um bom destralhe nos meus cosméticos e hoje quero compartilhar com vocês o que ainda ficou comigo  em produtos relacionados a cabelo, corpo e rosto e as minhas considerações sobre cada produto.
Como eu já fiz um destralhe maior alguns anos atrás, minha prioridade dessa vez foi apenas verificar se algum produto estava vencido. Também foi legal porque coloquei em uso alguns produtos que eu tinha parado de usar / estavam esquecidos.
Então, no momento estou com os seguintes produtos:





Cabelos:
Shampoo: OGX Biotin & Collagen | Simplesmente maravilhoso. Além de deixar o cabelo com uma textura ótima, tem um cheiro incrível.
Condicionador: OGX Brazilian Keratin Smooth | Comprei junto com o shampoo da mesma linha, mas meu condicionador sempre dura mais mesmo. Gosto bastante da maciez que deixa o meu cabelo e o cheiro também é fantástico. Da próxima vez quero comprar o Biotin & Collagen pra ficar com o cheirinho igual ao do shampoo.
Óleo: AVON Argan e Camélia | Ano passado vendia avon e para completar um pedido comprei. Uso pouco, porque estou evitando secar e alisar cabelo, mas gostava do efeito quando aplicava antes de fazer escova.
Máscara: ALISENA Amido de milho | Uso muito de vez em quando... Meu irmão deixou pra mim e a cada 15 dias mais ou menos deixo uns minutos no meu cabelo. Gosto do resultado, mas não é uma prioridade.

Corpo:
Sabonete: NÍVEA Proteção e cuidado | Gosto bastante do cheiro, porém o dosador é um problema... Se você não estiver prestando atenção sai bastante produto.
Desodorante: REXONA sem perfume | Faz uns 10 anos que só uso essa marca, tentei me adaptar com desodorante caseiro, mas não gostei.
Hidratante: NEUTROGENA body care intensive | Não sou de usar muito, só quando coloco shorts. Gosto dele porque tem um aroma quase imperceptível.
Perfume: AVON Far Away | Amo demais! Além de super barato, amo o cheirinho. Uso desde os 12 anos.

Rosto:

Sabonete: VICHY Normaderm | Comecei a usar esses dias, ganhei de uma patroa da minha mãe. É bem refrescante, porém o dosador é bem ruim... Tem que tomar cuidado senão sai muito produto.
Água micelar: CLEARSKIN | Gosto bastante para tirar o restinho de maquiagem, mas não uso com frequência.
Protetor solar: LA'ROCHE POSAY com cor | Melhor opção de protetor, fator alto e com cor. Bom para usar no dia a dia.
Máscara facial: AVON CARE Pepino | Comecei a usar nos últimos dias. Passo uma vez por semana.
Hidratante: AVON CARE Noite | Uso quando eu lembro kkk Mas gosto bastante do efeito.
Olhos: MARY KAY Time Wise | Comprei na esperança de diminuir as minhas olheiras, porém não percebi muito resultado, mas vou tentar terminar o produto.
Olhos: RENEW | Mesma situação do anterior, estou revezando o uso dos dois, porém não percebi muita diferença.
Lenços umedecidos | Gosto muito para limpar o rosto, com ou sem maquiagem. Refrescante!


Até breve,
Fran Scandolara